Sign In
<img alt="" src="http://sp.pgadvogados.com.br/PublishingImages/Noticias/noticias.jpg" width="3844" style="BORDER: 0px solid; ">

Notícias

A inovação e os modelos de negócios na área de saúde

A inovação e os modelos de negócios na área de saúde

Apesar das boas notícias de crescimento da economia, alguns setores ainda sofrem reflexos do crescimento zero do país e do alto índice de desemprego, como a área da saúde. Com o desemprego, veio junto o aumento de pessoas que perderam seus planos de saúde e, sem uma opção para contratar plano individual, passaram a utilizar o Sistema Único de Saúde (SUS), deixando o sistema ainda mais sobrecarregado.

 

Em recente entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, defendeu a existência de planos de saúde populares, sob a alegação de que no mercado privado o paciente tem o direito de escolher o modelo de serviço que caiba no orçamento, desde que as regras do produto estejam claras.

 

Nesse sentido, o próprio mercado já criou algumas soluções para prestar serviços de saúde focados em parcelas da população que não se encaixam no perfil dos serviços existentes. Dois bons exemplos são o Prevent Senior e o Dr. Consulta.

 

O Prevent Senior desenhou um produto para o público da terceira idade, que até aquele momento estava sem opção, uma vez que os planos de saúde tradicionais não viam vantagem em atender esse público. Já o Dr. Consulta apostou em oferecer consultas para um público que não pode ter plano de saúde, mas paga por consulta e exames na rede particular.

 

Os dois exemplos nos mostram que o mercado da saúde é amplo e aberto a novos modelos de serviços. Nesse sentido, a tecnologia também tem um papel importante. Aplicativos possibilitam que o paciente chame o médico em casa. Isso mesmo, por R$ 200 o médico realiza o atendimento em casa, como antigamente. "Além de ser muito prático, a gente acredita que o sistema serve para resgatar o contato humano entre médicos e pacientes, renovando a tradição de visitas domiciliares", diz Fábio Tiepolo, CEO da Docway, em entrevista para o portal Exame.

 

Por ser um setor que tem a Agência Nacional de Saúde (ANS) como órgão regulador, é provável que ainda existam discussões jurídicas a respeito do tema. No entanto, uma questão é fundamental: clareza nas informações dos novos modelos de serviços. O consumidor ainda está acostumado a modelos de planos de saúde tradicionais e precisa ser educado a ter novos modelos, mais acessíveis, porém com menor cobertura.

 

Ana Carolina Pavan, Advogada no Pires e Gonçalves Advogados.

Alphavile - SP

Al. Rio Negro, 161, 11°andar - cjs. 1101 e 1102

Alphaville - Barueri - SP - CEP ZIP CODE : 06454-000

Tel Phone .: (55 11) 3038-3888

São Paulo - SP

Av. Brig. Faria Lima, 1226, 5ª andar

São Paulo - SP CEP ZIP CODE : 01451-915

Tel Phone .: (55 11) 3038-3888